Sentidos do Verão / Summer Senses

Sentidos do Verão

Hoje é um dia especial: o dia mais longo do ano no hemisfério Norte, o chamado solstício de verão. Para aqueles que vivem no Brasil, o verão é, possivelmente, uma estação menos valorizada do que nos lugares onde faz frio, como Nova York. As pessoas geralmente se queixam do calor, da umidade e das praias lotadas. Nova York pode ser tão abafada como o Rio no verão. No entanto, amamos a mágica transição da primavera para o verão em um subúrbio de Nova York. Este post é para comemorar as pequenas coisas em nossa vida que têm importância fugaz, ainda que eterna.

No verão chegam vagalumes e cigarras, trazendo espetáculos sutis de luz e som.  Eu fico querendo que cada segundo de show dure para sempre.  Ao mesmo tempo, a qualidade passageira dos sons e luzes faz tudo aquilo ser muito especial.  São alguns segundos de brilho e canto que me acompanham a vida inteira.  Eu degusto cada um desses segundos com todos os sentidos, em sentido, sentindo universalidade em êxtase….

O lado mais racional às vezes questiona a inutilidade daquilo tudo.  Vale a pena perguntar por que brilha o vagalume e por que a cigarra canta?  Almas menores apenas ignoram o fenômeno, o qual aparentemente não tem nenhuma relevância na política internacional, nas cotações da bolsa, nos meios de produção, nas oscilações do mercado, nos noticiários sempre tão urgentes.  Não sei porque brilha o vagalume e porque a cigarra canta….

Segundo alguns estudos muito sérios, são fenômenos relacionados ao sexo, reprodução das espécies e coisas assim.  São respostas de curto prazo para perguntas imediatas de curto alcance.  Em âmbito maior, vejo a vida como sendo meio e fim em si mesma.  O vagalume brilha para que mais vagalumes brilhem.  A cigarra canta para que mais cigarras cantem.  É tudo tão simples e tão profundo ao mesmo tempo.  Por não saber nada de política internacional, de cotações da bolsa, de meios de produção,  de oscilações do mercado, de noticiários sempre tão urgentes, os vagalumes seguem brilhando e as cigarras seguem cantando.  Nunca serão manchete.  E eu espero que essa coisa tão pouco importante e tão importante ao mesmo tempo dure para sempre, por infinitos segundos.

Vocês verão. Ou não.

Summer Senses

Today is a very special day: the longest day of the year in the Northern hemisphere, also known as summer solstice. For those who live in Brazil, summer is possibly the season that is mostly taken for granted.  People usually complain about the heat, humidity and crowded beaches.  New York can be as muggy as Rio in the summer.   However, we find the transition from spring to summer in the suburbs somewhat magical.  This post is to celebrate little things in our life which have fleeting yet eternal importance.

In the summer the fireflies and cicadas arrive, bringing subtle shows of light and sound. I would like each second of the show to last forever. At the same time, the fleeting quality of light and sound is what makes it special. Those are few seconds of brightness and song that can accompany an entire life. Savouring each second, intense, with every sense, in ecstatic universality.

The more rational side sometimes questions the futility of it all. Is it worth asking why the firefly glows and why the cicada sings? Smaller souls just ignore the phenomena, which apparently has no relevance for international politics, for the stock exchange, the means of production, the ups and downs of the market and the urgent breakout news. I do not know why the firefly glows and why the cicada sings ….

According to some very serious studies it is all related to sex, reproduction of species and the like. These are short-term answers to immediate short-range questions. In a larger context, life is both means and end. The firefly glows so that more fireflies can glow. The cicada sings so more cicadas can sing. It is all so simple and profound at the same time. Because they do not know anything about international politics, the stock exchange, the means of production, the ups and downs of the market and the urgent breakout news, fireflies keep glowing and cicadas keep singing every summer. They will never make headlines. I hope that such unimportant and fundamental thing lasts forever, for endless seconds. Those alive will see. Or not.

 

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s